Páginas

terça-feira, 29 de maio de 2012

Poesia: Erros e acertos.

Terça, 29/05/12. 

Erros e acertos.

Meus erros me traem me mostram quem verdadeiramente sou, pequeno, frágil, gigante, sonhador. Leva-me a lugar nenhum, faz-me refletir sobre a vida, desperta-me do sono profundo,  tira-me a venda dos olhos e mostra-me o caminho a seguir...
Ficar e partir são partes de um mesmo todo, sentimentos irmanados dentro de mim. Escravo do medo, do presente, do passado, do porvir, do tempo em si.
Meus erros, meus acertos, pequenas partes de mim...

Adilson Adalberto

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário