Páginas

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Crônica: Hoje é dia de São Pedro!

Sexta, 29/06/12. 


Hoje é dia de São Pedro! 

São Pedro enfim chegou e foi logo dando o ar de sua graça. Ele, não condição de chaveiro, foi logo abrindo as comportas do céu. Por mais de 24hs choveu pra de deu. Por onde a água passava, deixava rastros e estragos, não houve nada que ficasse imune tamanha era à força d’água. Destruíram barreiras, estradas, muros, casas, e pontes, alguns exagerados chegaram até a cogitar, se o mundo não iria mesmo acabar tamanho era seu volume, pensaram ser um dilúvio, mas “para a nossa alegria”, foi-se em meio às galerias e esgotos, rio a baixo rumo a cabedelo. Pense num são Pedro arretado foi esse, de tanta água que caiu, nenhum balão subiu, nem fogueira se acendeu. Saí de casa eu não saí por que não havia como, nem para onde ir. Se houve bailes eu não ouvir, de modo que sua véspera, eu passei mesmo foi aqui, em minha casa vendo TV, ou embaixo dos meus lençóis, me aquecendo do frio. O dia está sendo perfeito, sol, promessa de estiagem o dia inteiro. E se São Pedro colaborar, quem sabe até a noite eu não crie coragem e vá olhar a apresentação de quadrilha no Pátio da Matriz, e se tudo correr as mil maravilhas, quem sabe depois junto com alguns amigos não damos umas voltinhas, pra ver se descolamos umas gatinhas, pra que possamos dançar em algum lugar, um forrozinho pé de serra até amanhecer o dia, quer pra compensar a noite anterior perdida? Só resta agora ficar na torcida pra que a chuva não pinta, quer pra ao menos as fogueiras possam ser acesas, e eu finalmente possa degustar uma espiga de milho bem assadinha, que também sou filho de Deus, não é São Pedro?Rsrsrs.

Adilson Adalberto

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário