sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Poesia: Talvez...

Sexta, 03/08/12. 

Talvez...

Talvez eu passe bem, talvez passe mal.
Talvez curta São João, talvez carnaval.
Talvez fique parado esperando o bloco passar, 
talvez eu corra atrás pra com os outros me misturar.
Talvez faça sol, talvez faça chuva.
Talvez eu caminhe, talvez corra.
Talvez dure pra sempre, talvez certo período de tempo, depois morra.
Talvez me apaixone talvez eu negue meus sentimentos.
Talvez tenha filhos, netos e bis-netos, talvez não.
Talvez eu seja feliz, talvez não.
Talvez minha fé me salve, talvez não.
Talvez o mundo se acabe, talvez não.
Talvez tudo não passe de uma fantasia, de mera ilusão, talvez não.
Talvez a dor acabe, talvez não.
Talvez a morte morra, talvez não.
Talvez meus sonhos se realizem, talvez não.
Talvez haja resposta para tudo, talvez não.
Talvez a paz vença a guerra, talvez não.
Talvez eu seja dono do seu coração, talvez não.
Talvez... Talvez não...

Adilson Adalberto
Reações:

Um comentário:

  1. Oii amigo, qto tempo, fiquei muito feliz com a visita e o comentário super do bem, Tbem gostei muito do "Talvez", a vida é isso mesmo, um eterno "Talvez", adorei! Abraços

    ResponderExcluir