sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Mini - Conto: Um dedim de prosa.

Sexta, 10/08/12. 


Um dedim de prosa.

Nada se compara a um dedim de prosa, às 18 horas da ave Maria, agradecendo a Deus, por mais um dia! Lenha na fogueira, pra iluminar em volta e aquecer do frio, comidas e bebidas as pampas, quer pra não sentir fome e cede, nem pra ter a desculpa, de ir deitar mais cedo. Crianças brincando de roda em volta da fogueira, velhos contando estórias dos tempos da carochinha, jovens aproveitando a distração dos pais, para dá uma fugidinha, tendo a lua apenas, como sua testemunha. Braços que se abraçam, corpos se misturam, bocas se procuram na imensidão da lua. E ao som da gaita e moda de viola, inspirados nessa trilha sonora, os jovens se namoram, os velhos contam estórias e os moleques fazem estripulias desde a boquinha da noite até o raiar do dia, assim é a vida na roça, vidinha simples, porém cheia de alegria.

Adilson Adalberto

Reações:

Um comentário:

  1. Oiii amigo, que coisa mais gostosa esse dedim de prosa, bão demais da conta essa conversa despretensiosa e simples em volta de uma fogueira, imaginei esse cenário tão acolhedor, e a lua ali iluminando tudo, muito bacana amigo! Te desejo muitaaaa sorte no sorteio da fonte! Abraçooooosss

    ResponderExcluir