sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Crônica: Feliz dia das Crianças!

Sexta, 12/10/12. 

                                       
                                                        Feliz dia das Crianças! 

Desperte a criança que existe dentro de você, não importa a sua idade, as adversidades, não a deixe morrer. Não entendo, lamento por que as crianças querem rapidamente crescer. Precipitados, exagerados, desenformados, ah se soubessem como é bom não crescer. Continuar criança, brincar com irmãos e amigos de infância. Ir à escola, merendar, estudar, brincar na hora do recreio, voltar pra casa e assistir programas de TV: clube da criança, show da Xuxa, a hora do capeta, sítio do pica pau amarelo, show maravilha; os desenhos animados da época eram muito melhor que os atuais, disso eu não tenho a menor dúvida: Tom e Jerry, caverna do dragão, He-Man, She-Ra, os Smurfs, Thundercats, Super- amigos, as aventuras de narizinho e Pedrinho, capitão caverna, corrida maluca, Manda-Chuva, Zé colmeia e catatau, Popeye, pica pau, os Flintstone, Scooby-Doo, pequeno príncipe, homem aranha, Batman e Robin, faísca e fumaça, caça fantasma, e tantos outros que por hora, me fogem a memória; muito diferente que crescer se formar, entrar no mercado de trabalho, ter carteira de trabalho assinada, já pensando na aposentadoria, casar, constituir família, pagar contas, pensão alimentícia, garanto que nem de longe isso passa por sua cabecinha; pois é nem na minha quando a sua idade tinha. Pena que a “terra do nunca” é apenas fantasia, nunca crescer, nunca morrer, apenas brincar, se divertir, é tudo que eu e todo mundo queria! Mas infelizmente agente cresce e ao que me parece se esquece do quão bom é a infância- a melhor fase da vida. Lembro-me com muitas saudades dos meus tempos de criança, das brincadeiras que tanto me divertia: carrinhos de rolimã e madeira, pião, bolas de gude, estilingue e baleadeira, soltar pipa, peladas na calçada da coletoria e na beira do rio. Quem é quem que nunca se divertiu fazendo bonecos de barro feitos em épocas de chuva, quem nunca tomou banhos de bica, nunca subiu numa árvore pra pegar frutos na casa do vizinho e sair correndo quando o dono lhe chinga? Kkkkkk.  Eita tempo bom que não volta mais queria tanto poder entrar na máquina do tempo, voltar atrás, com certeza faria coisas diferentes, concertaria muitas coisas que me perseguem até hoje onde quer que eu vá. Mas, como é impossível o passado mudar, vivamos o dia de hoje como se fora o último, como se o amanhã não fosse existir ou que o mundo estivesse prestes a acabar. E como as crianças graças a Deus, ainda não tem maturidade suficiente para perceber e/ou entender o que é a maioridade chegar, apenas lhes recomendo que aproveitem ao máximo esse dia, por que há de chegar outro, em que assim como eu, tudo que poderás fazer, é apenas recordar. Portanto, seja você criança ou adulto, comemore sem medo de esbravejar, ainda que muitos duvidem adultos também é criança crescida, não deixe nunca essa chama em você apagar.
Dia das crianças é todo dia, não há uma data específica em particular. É sempre dia de comemorar, celebre a vida e a criança que existe dentro de você, ainda que tenhas hoje 50, 60, 70, 80 ou 90 anos, dizem até que essa é a “melhor idade”, apesar dos pesares; e que a vida começa depois dos 40, não posso dizer nada a respeito, por que ainda não cheguei lá, mas espero em Deus alcançar! Desde já prometo contar todas as minhas experiências adquiridas ao longo da vida, ainda que pense que não há muito que comemorar. Feliz dia das crianças pra mim e pra você, o maior presente que poderíamos receber, é viver, o resto são meros detalhes. Felicidades!

Adilson Adalberto
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário