Páginas

sábado, 29 de dezembro de 2012

Soneto: O Sertanejo...

Sábado, 29/12/12. 


Soneto: O Sertanejo

O sertanejo é cabra macho
Pega boi pelo chifre
Burro xucro pelo laço
É herdeiro de lampião, o nosso rei do cangaço.

Tem sangue quente nas veias
Não tem medo de cara feia
Seu talismã da sorte é a faca peixeira
Seu cinturão é a cartucheira

E nela seu revolver pipado
Vive no meio do mato
Carcará é seu colega de quarto,

A memória é seu porta retrato
A mulher sua coadjutora
Seus filhos o seu grande legado.

Adilson Adalberto
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário