Páginas

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Soneto: Ela...

Quarta, 03/04/13. 



Soneto: ela...

Ela não é modelo, mas também nem precisa,
Para mim ela é tudo!
É meu céu, meu mar, meu sol, minha vida!
Quando ela passa, até a lua se esconde, de tanto que ela brilha!

Impossível ela passar despercebida,
Por onde ela anda, corações palpitam,
Seu corpo me excita,
Seu sorriso é o seu cartão de visita.

A sua beleza é singular, o seu charme é ímpar,
Meu sonho é um dia poder tocá-la, amá-la, possui-la,
Mas ela não estar nem aí pra mim, a primeira vista.

Ela não anda, ela desfila,
Nos palcos da vida ela é sempre destaque,
No amor, cada dia aparece com um, nas capas de revistas. 

Adilson Adalberto
Reações:

Um comentário: