Páginas

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Soneto: A pergunta que não quer calar...

Sexta - feira, 22/11/13

Soneto: A pergunta que não quer calar...

A quem dedicarei meu canto,
Por quem chorarei meu pranto,
A quem devo chamar de amigo,
Se em meu peito ferido, carrego as marcas da dor?

Onde andará o meu amor,
Será que se escafedeu,
Em que lua se escondeu,
Ou em que nave ela vai voltar?

De quem estará ela afim,
Por quer fugiu de mim,
Será só meu seu coração,

Ou terá outro em meu lugar,
Diga-me, por favor, quem souber,
Porque ela deixou de me amar?




Reações:

5 comentários:

  1. Muito b om Adilson, amei, está se destacando cada vez mais.
    Parabéns e continua escrevendo.
    Sucesso amigo.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Fico encantada com escritos assim, sem duvida amigo é dom de Deus.
    Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  3. Adilson, parabéns pelo BLOG e pelas inspirações. BJS :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado cara, amiga por tão gentis palavras! O seu também é excelente! E inspirações é o que não lhe faltam! parabéns querida! Volte sempre! bjs!

      Excluir
  4. Adilson a blogagem coletiva será postada dia 3 de dezembro, o link do seu post pode ser adicionado até dia 4, fico muito feliz que queria participar, qqr duvida em como adicionar o link é so perguntar.
    Grata pelo carinho.

    ResponderExcluir