Páginas

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Soneto: Um ano que nos tornamos namorados

Quinta - feira: 23/06/16


Saudações. 

Dizem que coincidências não existem; que nada é por acaso, mas, também há os que não acreditam em destino ou cupidos. Eu prefiro acreditar, que tudo estar escrito. Provavelmente não no seu calendário, mas no do Divino. É Deus quem comanda. Quem escreve. Quem determina e quem dá o veredicto, sobre nossas vidas! Às vezes passamos por muitas dificuldades, lutas, e no meio a tempestade, a gente se questiona, meu Deus, onde estás, por que não ajudas? Desesperamo-nos, com o seu silencio, ou quando a resposta não é a que gostaríamos, portanto, não é bem vinda. Aí, quando menos esperamos, quando já nos esquecemos dos pedidos em orações, outrora feitos na madrugada ao pé da cama, eis que surge algo novo pra mudar o rumo das nossas vidas. Assim acontece em todas as áreas de atuações, em tudo que nos diz respeito, inclusive a afetiva. E foi isso que me, digo, que nos aconteceu a um ano, em nossas vidas, quando já estávamos fadados ao fracasso na área afetiva, onde no tocante ao amor, não tínhamos mais tantas expectativas, numa noite aparentemente como outra qualquer, por meio de uma curtida, num comentário feito na página do facebook de um amigo em comum, nossos caminhos se cruzaram. Não por acaso e nem em uma data qualquer do calendário, o dia foi muito bem pelo o criador preparado; qual foi? 12 de junho – dia dos namorados! Sim, nos conhecemos via net, nessa data; e imediatamente mandei o convite pro face, ela aceitou e, marcamos pra nos conhecer pessoalmente, com data, local e horário, pré-marcados. É bem verdade que, nervoso, cheguei um pouquinho de nada atrasado, mas, pontualidade, quem me conhece, sabe que não é minha especialidade. Acho que se fosse nosso casamento, seria o primeiro noivo na história (acredito eu), a chegar atrasado ao casamento e, com certeza, largado no altar (Kkkk). O importante é que deu tudo certo e, a prova disso, é que estamos comemorando um ano de namoro, e a continuidade dessa história, vocês vão poder acompanhar, a saber, no Soneto, que resumidamente escrevi para comemorar, o nosso primeiro ano juntos, de muitos, querendo Deus, inda vamos estar! 



Soneto: Um ano que nos tornamos namorados 


Amor, um ano já se passou desde que você aceitou
No Facebook o meu pedido de amizade
Parece até que foi ontem, que demos o primeiro passo
Ainda dizem que redes sócias, é coisa de desocupados.
                                                                      
Uns chamariam de destino, outros de fruto do acaso
Mas nós sabemos, que pelo o cupido fomos flechados
Bastou apenas uma curtida, oriunda de um comentário
Para que em fim, nossos caminhos se cruzassem.

Sabe-se lá, se esse amigo em comum, fora um enviado?!
Sabemos apenas que a partir dele, nossas vidas mudaram
Nossos olhos se entreolharam, nossos corpos se tocaram

Nossas bocas se beijaram e, nossos corações se apaixonaram
Praça do Coreto, 23 de Junho de 2015, ficará pra sempre marcado, como...
O dia de nosso primeiro encontro, e também, que nos tornamos namorados.
                                                                                http://adilsonconectado.blogspot.com/

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário