Páginas

sábado, 18 de março de 2017

Soneto: Amor Verdadeiro

Sábado: 18/0317


O amor quando é verdadeiro
Não precisa de olhos pra ver-lo
Nem corpo pra ter-lo
Nem mãos pra tocar-los.

Pra materializar-lo na sua frente
Não precisa ser nenhum mister "M"
É só fazer uso da mente
Que a amada aparece de fato.

Não há nada que os separe
Nem mesmo o tempo será pário
por quer o amor é atemporal.

Ainda que haja intempéries
Que ventos soprem contrários
Meu amor por você, é imortal!

                                                                                             http://adilsonconectado.blogspot.com/  
                                                                           
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário