quarta-feira, 10 de maio de 2017

Poesia: o amor

Quarta - feira: 10/05/17


O amor não pode ser medido,
Às vezes nem faz sentido,
Nenhuma razão de ser;
Acontece, quando tem que acontecer,
Independe de quem possa ou não querer.
O amor tem livre arbítrio,
Não pesa as conseqüências,
Entra sem pedi licença,
Quando ver.... Já aconteceu.
O amor inté converte ateu;
Traz paz, não faz guerra,
Muda a atmosfera,
Enche de esperança...
Alguém que já a perdeu.
O amor não é fruto do acaso,
Espontaneamente não nasceu,
Não é obra dos homens,
É um dom de Deus. 
                      



                                                





                                                                                                

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário