Páginas

sábado, 13 de maio de 2017

Soneto: Mãe

Domingo: 14/05/17


Escolhida por Deus,
Com o dom de gerar vida;  
Tu és dentre todas,
A criatura mais linda.

Esculpida a dedos,
Por nosso Senhor;
Tu és obra prima,
E de muito valor.

Um anjo que se materializou,
E se transformou em mulher;
Pra amar, sem medida...

Oh, mãezinha querida,
Por amor és capaz de coisas;
Que até mesmo Deus duvida!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário