sábado, 17 de junho de 2017

Filosofando a vida

Sábado: 17/06/17


Da vida não levamos nada
A não ser.... a vida que a gente leva
Depois que se morre  
Retorna-se ao pó da terra  
Objetos são descartáveis  
Se desintegram na natureza.

Dinheiro se evapora, vai simbora...
Tal qual um galho na correnteza
A saúde a gente perde  
A idade chega... com certeza
Os amores vem e vão, ou não
Mas ficam as amizades sinceras.

Somos o que plantamos no decorrer da vida  
Carinho, gentileza, gratidão...
São coisas importantíssimas
Família idem!
Nela a gente nasce, cresce e  
Permanece por toda a vida  
Também construímos a nossa... algum dia.

Conhecimento a gente adquire
Sabedoria, só Deus dá, e a quem pede
Instrução a escola ensina  
Amizade a gente escolhe  
Trabalho a gente conquista
Perdas serão inevitáveis
Mas somos nós os responsáveis
Pelos os rumos tomados na vida.

Sucesso é uma incógnita  
Muitos, conhecerão mais derrotas que conquistas  
Os quais chamarão de carma ou sina  
Segurança nenhuma há nessa vida
Certeza só se tem uma...
Todo mundo morre um dia.

Tristezas, infelizmente teremos  
Alegrias, rogo que sejam infinitas  
Coragem, é necessário que tenhamos
Medo, nos mantém sempre alerta
Dúvidas? Serão muitas!
Rotina, é o que você faz da sua vida.

Fé só em Jesus que salva!
Religião, tem muitas  
Opinião, cada um tem a sua...
E só se deve dá, a quem pergunta  
Beijo na boca, é uma loucura  
Sexo é bom; mas com amor
E não só transa.
Paixão, passa que nem fumaça  
Amor, que é de verdade, dura!

Lembranças, só dos bons momentos vividos                           
Saudades, só dos bons amigos
Apego demais, é inadmissível
Olhar, só se for pro infinito
Focar, sempre num objetivo e
Andar, sempre de cabeça erguida
Pausar, só pra tomar fôlego e
Dá play, pra sair pro abraço e sorri pra vida.
                                                                                                                                       http://adilsonconectadoblogspot.com/



Reações:

0 comentários:

Postar um comentário