domingo, 30 de julho de 2017

POESIA: O tempo

Domingo: 30/07/17

O tempo passa.
Não tenhas dúvida...
Não há nada de novo,  
Debaixo desse céu azul  
E dessas nuvens brancas.  
Tudo é labuta.
A vida é só uma
Sucessão de erros e acertos,  
Uma escola onde não
Forma-se nunca.
Somos todos repetentes e,
Incompetentes...
Na arte do desapego
E da renúncia.
Somos cheios de superegos
E achismos que eu até
Perdi a conta.
Orgulhos exagerados
De seres inacabados
Que se acham e,
Ao próximo  
Inda julga.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário